segunda-feira, 2 de junho de 2008

Vida

Tens o dia-a-dia que outros escolheram para ti.
A mulher que alguém elegeu como sendo tua.
Nesse mundo não há sonhos nem ilusões.

Podia continuar. Mas não quero alongar o sofrimento.

Eu não quero uma vida comprada ou oferecida.
Não quero presentes envenenados.
Eu tenho sonhos.

Saber entende-los é deixar-me viver! Respeitem-nos!

6 comentários:

Enfim... disse...

tu é que tens de te impor, ja vi que n estas bem, e n estas a viver a vida como gostarias...hoje em dia isso acabou...vive e vai em buisca do que ambicionas...passando por cima dde todos e de tudo

Se precisares de alguma coisa estou ca

Beijinhos

Maçã com Canela disse...

Espreitei pelo teu blog.... escreves sentido... bonitas palavras li... falas de saudades, de amor... de sonhos...

Voltarei..

amigona avó e a neta princesa disse...

Há já algum tempo que não passava por aqui! Deixo saudades...

goooooood girl disse...

Feel good......

AnaGarrett disse...

Uma história idêntica a muias outras destas vidas que se cruzam connosco... infelizmente.

FUMADOR disse...

Só te te digo calma pq ninguem merece as nossas lagrimas.