quinta-feira, 30 de março de 2006

Distância

© Fotografia: Olhares


Num mundo diferente do meu, com pessoas ausentes de mim me encontro.
Talvez seja para isto que preciso de me ausentar de vez em quando.
Olhares que não me entendem. Palavras que eu não entendo. Temperos que não me agradam.
Sorrisos que me afastam e torturas que me sufocam a alma.
E este frio me leva para longe?

22 comentários:

JB disse...

Lindo!

Como eu me identifico com as tuas palavras.
Às vezes parece que o mundo nos cai em cima: olhos que nos recriminam, palvras que nos ferem, risos que nos maltratam... Enfim...

Mas não és tu que estás a mais. É o resto de tudo...

Bjos

chuvamiuda disse...

.....minha querida amiga, espero que estejas melhor, por favor não te ausentes, não vás para longe, preciso de ti por perto.....

Beijinho

antona disse...

Lindas palabras y foto
biejos

Andreia Ramos disse...

faz bem fugir de vez em qd1mudar de ares1beijniho!

taxi driver disse...

como eu te entendo.
bjs

chuvamiuda disse...

.....pssst, chega-te um pouco mais para cá, quero ter a certeza que me ouves, vou confessar-te uma coisa, também tenho estado um pouco adoentado, nada que eu não aguente pelo menos assim penso, agora tu que me habituaste ao teu sorriso, abre a alma, deixa-a respirar, se eu puder frio nenhum te levará para longe, pensarás tu afinal de contas quem sou eu, verdade às vezes nem eu sei, mas olha sempre haverá outro outro olhar que possas entender......

De mansinho com um beijinho de noite serena

blue note disse...

Minha Querida Jo

Não!! Não te leva... porque se fores vou buscar-te!
A tua melancolia e a subtileza com que falas de ti... provoca-me esta vontade toda de entrar no ecran e abraçar-te muito muito.

Podes espraiar o teu olhar por colinas e vales, caminhos desconhecidos e gentes nunca vistas, regressarás a ti sempre, cada vez mais integra, porque tu já tens a estrutura de uma ser humano coerente, sábio, extraordinário.

Aqui estarei sempre e como o sabes de braços abertos para te receber e pedir que fiques.

Beijo-te muito
(Espero que hoje estejas melhorzinha, sim?)

spartakus disse...

inté Joana, bjinho.

APIUR disse...

Joana, Amiga,

Tuas vozes soam na minha atenção, entre o etéreo e o real, disfarçado de mundo.

Entristeces-me o olhar.

E eu que só posso deixar o calor da minha palavra e o entendimento da minha alma.
Joana, tu és a própria energia em pessoa,na vontade e na acção.
Bjs,
Apiur

chuvamiuda disse...

.....custa-me chegar e não te ver, tanto pior que não estás bem, por favor ergue-te.....

Deixo aquele beijinho

Alexandre o Grande disse...

O calor é que nos leva para longe. :)

Miguel V. disse...

Diria assim... perto de ti perto dos outros, longe de ti longe dos outros. E quanto ao frio só o temos na distância, contudo na proximidade há normalmente discordância, e ainda bem, só assim se evolui e é um sinal de que felizmente somos todos diferentes.

Cumprimentos mixed by Jameson 12 anos

lua branca disse...

Fui tua fantasia, enquanto você está envolto nos meus sentimentos mais puros.
Amaste-me com palavras e com tua imaginação, enquanto te amo com verdades e com toda minha paixão.
Hoje de nós dois, apenas o que resta sou eu.
Sou o pranto que todas as noites acorda as estrelas e abala o silêncio dos céus.
Não serei recordação, mas serei o vento que canta livre te trazendo uma saudade quase finda.
Nunca me olharás realmente, mas me acharás no contorno dourado das nuvens que sobre ti andam, no sol que de ti se despede. Me acharás no reluzir da estrela solitária que te observa, na luz circunda da lua que te assiste, no diálogo com Deus.
Serei a metamorfose da tua alma em ave, pousando no solo da tua verdade.
Serei a liberdade lapidada em teu espírito.

dreams disse...

ás vezes estamos rodeados de pessoas e sentimo-nos tão sós...

e refugiramo-nos em nós parece tão simples...

um beijo *
“·.¸Dreams¸.·”

p.s espero que estejas melhor

Rui disse...

muito bonito, veio da alma, parabéns

Daniela Mann disse...

Joana, tenho saudades tuas!!!
Vem visitar o meu novo espaço:
www.amar-ela.com
beijinhos

Musician disse...

Um dia sentiras um calorzinho dentor de ti ;)
Beijoca*

lince disse...

A ausência aumenta o frio.
Eu voltei!
Espero que também tu voltes.
Até já.

Sonhador Acordado disse...

Um sentimento familiar. Mesmo com muitos amigos, muito poucos são aqueles que verdadeiramente compreendemos e nos compreendem. Mas é importante continuar a procurar. Quem sabe se bem perto não está alguém a sentir o mesmo, à espera de quem o compreenda?

Felicidades!

E parabéns pela escolha da fotografia.

Beijinhos

Rosmaninho disse...

Joana, Linda!

Ausentar para nos encontrarmos é preciso.

O frio contribui para a ausência...
Quanto mais frio mais longe somos levados.

Aqui, sinto-te perto e sem te olhar parece-me que te entendo...

~*Um beijo*~

Miguel... disse...

Bem, eu prefiro pensar que ando sempre ausente e so de vez em quando desço a terra...

chuvamiuda disse...

.....entrei por este lado para não fazer barulho, saindo de mansinho.....

Deixo um beijinho