quarta-feira, 8 de março de 2006

Escrita Misteriosa II

[Para aqueles que não leram as estórias que antecederam esta, podem ler Escrita misteriosa e Escrito para ti .]
© Fotografia: Olhares


Hoje voltei ao café onde te vi sorrir pela primeira vez. Sentei-me na mesma mesa, na mesma cadeira e esperei.
Fechei os olhos e quase te senti o cheiro. Imaginei-te um nome e uma vida. Procurei os porquês desta partida sem fim.
Agora venho aqui poucas vezes, tenho receio de não te voltar a ver e assim encontro o meu refúgio.
Quando abri os olhos, o empregado habitual trazia o café e um sorriso.

-
Temos novidades. Ela voltou.

Um arrepio varreu-me o corpo, senti-me tonto e confuso. Ele riu-se e entregou-me um envelope grande em papel Craft castanho.
Não consegui pronunciar uma única palavra. Esqueci completamente o café e fiquei absorvido pelo envelope. Olhei-o por longos minutos, procurava coragem para o abrir. Procurava um sinal de ti, uma palavra, um suspiro.
O empregado voltou. Percebeu o meu impasse, perguntou se estava bem. Acenei com a cabeça e perguntei:

- Como estava ela? Quando voltou?

-
No mês passado. Vinha acompanhada. Estava magra, pálida, pouco cabelo. Mas nos olhos permanecia um enorme brilho. Brilho que só existe no olhar daqueles que querem continuar a viver!

Naquele instante senti-me pequeno, provavelmente a resposta a todas as minhas questões estavam naquele envelope.
Nada sabia dela, apenas que costumava sentar-se na mesa da frente, escrevia, desenhava e por vezes chorava.
Nunca falamos, não lhe sabia o nome, mas conhecia de cor cada fio de cabelo, o seu perfume, os seus gestos.
Abri lentamente o envelope. As mãos trémulas transpiravam. Retirei o conteúdo, que estava perfumado e envolvido em papel de seda azul.
Uma aguarela nos mesmos tons retratava o meu rosto. Assinado estava Isa.
Uma madeixa de cabelo, amarrada com uma fita azul e a data.
Devorei as tuas palavras, as palavras que sempre desejei ler.Fiquei a saber o teu nome, Isabel. Fiquei a saber o porquê da tua ausência, essa doença que te continua a fazer lutar pela vida. Fiquei a saber que pensavas em mim enquanto encontravas força para renascer.
Enlouqueci ao pensar que te podia perder. Alguém de quem nada sabia até então mas que preenchia os meus dias de uma forma tão especial.
Precisava do teu sorriso para continuar a acreditar, tal como tu precisavas da minha presença para te continuares a sentir viva.
Tentei encontrar nas tuas palavras uma morada, um número de telefone, alguma coisa que te pudesse materializar naquele momento.
Mas a única coisa que encontrei foi uma nota de rodapé em que dizias:

O meu sorriso está contigo em 9 segundos, 6 dias na semana. Encontro na memória do teu andar os 2 passos que nos podem fazer reencontrar. E se estiveres a ler estas palavras é sinal que já encontraste as 3 lembranças que consegui reunir e deixar nesse mesmo café, onde provavelmente te encontras, no número 7, às 9horas, 45 minutos e 1 segundo.

25 comentários:

chuvamiuda disse...

.....há coisas que eu não sei, há coisas que não quero nem devo saber, há coisas que devo ler, sem querer sber o que exactamente querem dizer, há coisas que nos tocam, pessoas que nos marcam, mesmo sem o saber, bem, vou andando mas não sem te aqui deixar.....
Um beijinho e noite serena!

Nekynho disse...

É delicioso ler-te :o)
Fax favor de ter um optimo dia :o)
Baci :o)

NightWolf disse...

Bem... quero mais, fico sempre ha espera de mais, e isso só é bom sinal, mas pronto isto tudo para te dizer que quero mais :) beijinhos*

:=] :=] :=] SMILE :=] :=] :=] disse...

:=] :=] :=] SMILE :=] :=] :=]
interessante!... como sempre!

Rosmaninho disse...

Joana, Linda!

Escrita Misteriosa II... Que delícia! E Tão misteriosa como a I!

Não adivinho o que virá contar a III mas sei que... quem ama, vive.

Quem ama, mesmo com doença, não adoece...

Aguardo mais mistérios e maravilhas tuas.

~*Um beijo*~

Andreia Ramos disse...

amei, amei, amei!e se ele for inteligente sabera que la existe o umero de contacto, que o é de certeza!adorei!beijinho!

Joana disse...

Aviso Importante

Se algum de vocês descobriu um número de telefone nestas palavras, não liguem...nada disto é real, o número é inventado!
Obrigada.

Joana disse...

Chuvamiuda,
...há tantas coisas que eu também não sei!
Mais gosto muito de te ter por cá...isso eu sei! :)
Beijinho grande

Nekynho,
É sempre delicioso quando te leio. Essa tua forma de estar faz-me sorrir!
Beijinho grande

Nightwolf,
por incrivel que pareça eu também...que será que lhes vai acontecer!? ;)
Beijinho grande, obrigada pelas tuas palavras sempre!

Smile,
misterioso...como sempre!

Rosmaninho,
Eu também acredito nisso. E há tantas pessoas doentes com falta de amor, não é amiga?!
Beijinho grande e um abraço do tamanho do mundo

Andreia,
Obrigada...obrigada...obrigada!!!
BEijinhos grandes

Rui deOliveira disse...

Realmente divirto-me a ler esta história... Parabéns... tens uma bela escrita!

antona disse...

Buen fin de semana
salu2

amigona disse...

Li noutro lado que não estavas bem... só queria dar-te um beijinho e desejar um BOM FIM-DE-SEMANA!

João Mãos de Tesoura disse...

Gostei, mais ainda quando percebi que escrevias no papel de um homem!
Será que vais conseguir decifrar-nos?

Alma Minha disse...

Lindo, Joana!
Muito lindo mesmo...
Já pensaste escrever um livro?

Mariana disse...

gostei. um espaço cheio de bom ambiente :P sente-se ;)

um beijo e um óptimo fim-de-semana!*

(desculpa a queda livre aqui...mas não resisti em diexar um olá ;))

chuvamiuda disse...

.....entrei por esta porta, apenas para te deixar.....
Um beijinho e noite serena!

more a loner than a wolf disse...

gostei do texto e do ambiente arejado do blog

Catarino disse...

Passei por aqui sem muito tempo, mas prometo voltar para te ler com calma...
Beijo

Giorgia disse...

E' a minha estreia no teu blog... que sitio bom pra se estar... :) obrigada pela escrita, que relaxa, que toca, que faz pensar!

bjokas

Joana disse...

Rui de Oliveira,
Ainda bem que assim é...
Obrigada pelas palavras.
Beijo

Antona,
Gracias por la visita y las palabras!
Beso

Amigona,
Tudo passa, mas obrigada pelo beijinhos.
Retribuo o beijo e desejo-te uma boa semana

João mãos de tesoura,
não é essa a minha intenção, decifrar o mundo ou sentimento dos homens. Escrevo apenas o que me vai na alma! :)
Obrigada pela visita.
Beijo

Alma Minha,
deve estar para breve. Informo assim que tiver a novidade para vos dar! :)
Beijinho e boa semana.

Mariana,
Obrigada pelo "Olá", todos são aqui bem recebidos...todos aquele que vêm por bem! :)
Obrigada pelas tuas palavras...
Beijinho e boa semana

Joana disse...

Chuvamiuda,
as entradas por esta porta são cada vez mais esperadas e deliciosas...pelos beijos e palavras!
Beijo grande e obrigada

more a loner than a wolf,
Obrigada. Vou abrindo as janelas e as portas, para deixar o espaço arejado e para que entrem mais amigos!
Beijinho

blackscorpion,
Volta sempre, obrigada pelas palavras, mesmo sem tempo! :)
Beijo

Giorgia,
Obrigada eu pelas palavras.
São comentários assim que me fazem acreditar que vale a pena!
Beijinho

APIUR disse...

Joana,
Admiro-te muito.
E aqui devia parar.
Mas as tuas histórias, sejam de seres reais ou não,(cá para mim, é a tua vida riquíssima na vertente humana que te dá estas lições), são tão bem (d)escritas, tão valorosas, que devem ser lidas e pensadas por todos nós.
é muito importante que haja pessoas como tu que alertem para a relevância que a Vida contém, por segundos que sejam.E para a necessidade de olhar para quem necessita do nosso "olhar" quente, solidário, amigo.
Só assim a vida vale a pena num mundo onde o colectivo é o tal palco diluido em tanta irracionalidade...
Que bom saber que existe pelo menos esta Joana,
Bjs,
Apiur

AlucarD disse...

bem...fikei mesmo apanhar do ar... porke é a primeira vez k aki venho!
mas o texto é lindoooo, interessante e misterioso...gostei!!
beijos do dracula******

chuvamiuda disse...

.....Beijinho e dia tranquilo.....

Daniela Mann disse...

Olá Joaninha!
Acredita que ando aqui a pensar naquela sugestão que deste para um próximo post!
Vai ficando de olho que um dia destes lá vou falar de sexo!
Um abraço amigo,
Daniela

Joana disse...

Obrigada pelos vossos comentários e palavras amigas!

BEijinhos